Quero ser escravo!


E nos finalmentes antes de acontecer outra guerra mundial eis que chega 2014, ihul õ/
Faz tantos milhares de anos que eu não posto no blog que deu até tempo de sentir saudade! E gente, que mês/ano foi aquele pelo amor de Deus!? Tantas coisas aconteceram que foi uma coisa impressionante mesmo, desde pessoas que se foram até acontecimentos totalmente desnecessários pra humanidade.
Problemas a parte, finalmente 2014! E quero também desejar a todos os maravilhosos leitores que vem acompanhando o blog um maravilhoso ano e que todos assim como eu façam/pretendam fazer deste ano um ano de conquistas. Que todos sejamos felizes e com mentalidade o suficiente de aceitar as consequências de nossos atos e essas coisas. 
Bom, em relação ao blog vocês estão sabendo que eu pretendo fazer várias coisas não é!? Pois então quero pedir a todos o apoio e a compreensão dessas coisas ^^.

E eu sei que todos estão sim pensando no por que do título mas logo logo explico, acalmem-se. Antes disso quero lhes dizer sobre as novidades que estão por vir e vocês podem saber da maioria vendo o post anterior que eu expliquei tudo :D

Mas antes de todos me matarem / xingarem / brigarem / darem unfollow e todas essas coisas logo lhes explico o motivo.

Todos sabem o que significa escravo e essas coisas né!? (Pelo amor de Deus, digam que sim), esqueçam isso tudo pois não é nada disso! A frase "Quero ser escravo" para mim (neste post) pode significar muitas coisas mas vou explicando o motivo disso e vocês vão me entendendo. 

Dia 18 faço meus 18 anos e acho que já comentei que aceito presentes rsrs' Mas com a frase quero simplesmente dizer que quero ser exclusivamente MEU escravo. Seguir MINHAS ordens. Fazer coisas que eu queira, não depender de ninguém. Somente de mim! Para alguns isso pode ser chamado de "liberdade" mas para mim é a escravidão da mente de um ser humano que segue seus próprios objetivos sem se preocupar com os outros. Não bugue meu caro(a), apenas entenda!

Agora mim deiche

Até a proxima

0 comentários:

Postar um comentário