POEMAS

Gente eu estava aqui pensando.. E me veio a idéia de postar alguns poemas que leio as vezes ...

Estes poemas reflectivos ajudam bastante na maioria das vezes!

Insanidade Oculta também é cultura ^^ 

Segue agora alguns poemas citados lá no Site do Spectrum Gothic

... Agora e na hora de nossa morte ...

Muito orei pra não ver este momento
Pra não sentir o cheiro destas flores
Agora é tarde, tudo foi em vão
Anjos e Demônios
Dançam em minha cabeça
Não tem mais peso as mentiras
nem extensão as verdades
Tudo agora é um grande vazio
Um buraco em minha existência
E pouco a pouco, vou perdendo o controle
Não consigo entender
Ninguém precisa mais de você, do que Eu
Não eram essas flores que você merecia
Agora muito depressa, estou perdendo o controle
Não há mais vontade alguma
Agora me falta o "Alguém"

Feito por: Zéka Campos


2º Síndrome do Mal


Ó terra ingrata,
por onde um dia passei
na plenitude da vida
à tristeza roguei
Embalsamado em meus sonhos
Entrevado sob a realidade
Salpicado pelo sangue nobre
Da negra ave da maldade
Companheira de outras eras
Lembrança em minh’alma
Abatida em vôo sombrio
O submundo agora a salda
Desatinos líricos
fortalecem o coração empedrado
Firme áurea reluzente
Na sombra do passado
Sincera inocência perdida
Fugaz amante louvada
Serena morbidez expira
Feito certeira flechada
Não há mais busca
Estranha e total demência
Apenas uma terrível luta
Instintiva sobrevivência
Marcado pela dor
Entorpecido pelo ópio
Desde as mais longínquas noites
Perseguido pelo ódio
Suave veneno que corroe
maldita angústia no peito
Preparando o ser sórdido
Para seu fúnebre leito
Sinfonia mórbida ecoa
dos doces lábios da donzela
A melancolia me chama
E agora me vela
Bendita paz derradeira
À ela e à mim defere
Eterno sepulcro solitário
Não há morte que a leve


Feito por: Rafael L. Reis



E por último mas não menos importante ^^ (indicado por Fuh Miguel D'Matthah)

3º Uma anjinha com asas partidas

Tropeçaste no ar...
tentaste não cair... mas apanhei-te no meu colo...
Hesitaste em me olhar... quiseste fugir...
mas estavas magoada demais para partir...
E foste o acontecimento mais importante do dia...
Tudo o que disse a Deus que queria...
O sangue das asas que te tentaram arrancar...
foram mais um pretexto para te convencer a ficar...
Observas o céu com vontade de voar...
mas eu não percebo como nunca te vieram cá buscar...
E tocas-me as mãos numa tentadora despedida...
embora eu saiba que te vais...
Eu não quero ficar sem te dizer que me devolveste à vida...


Feito por: Death Yoshi



0 comentários:

Postar um comentário